Parcelamento em até 3x sem juros no cartão: escolha a opção pagar com EBANX no checkout!

As moças | Isabel Câmara

R$ 36,00
Preço normal
Adicionados ao carrinho! Ver carrinho ou continuar a comprar.

A jornalista Tereza conheceu a atriz Ana em razão de uma entrevista, e a empatia imediata levou as jovens, oriundas de diferentes pontos do país, a dividir uma quitinete em Copacabana, no Rio de Janeiro de fins dos anos 1960. Unidas sob o objetivo comum de concretizarem os próprios sonhos e realizarem suas vidas com autonomia, ambas experimentam uma dura resistência, derivada não só do tradicionalismo como da internalização da repressão a seus projetos e desejos. A chegada da carta de uma tia de Tereza serve de gatilho para uma reavaliação desses percursos. No embate entre a extrovertida e enlouquecida Ana e a introvertida e cansada Tereza, encontram-se os caminhos de duas mulheres em busca de amor, reconhecimento e liberdade, luta em que a vida individual e a política se mesclam num só movimento contra o conservadorismo vigente. O drama de um só ato As moças elevou Isabel Câmara à condição de figura representativa de um grupo de autores teatrais a chamada Geração de 1969, responsáveis por um significativo retrato de uma juventude que abraça a contracultura e debate questões de liberdade sexual, de gênero e de expressão no contexto ditatorial brasileiro.

Isabel Câmara nasceu em Três Corações em 1940. Teve sua iniciação teatral em Belo Horizonte. Já no Rio de Janeiro, em 1960, estagiou como contrarregra da companhia de teatro O Tablado. Em 1968 estreou como autora, com a peça experimental Os Viajantes. Com As Moças, montada no ano seguinte, ganhou destaque na cena da dramaturgia nacional como parte do grupo Geração de 1969, ao lado de nomes como José Vicente, Leilah Assunção e Consuelo de Castro. Ao longo dos anos 1970, colaborou com importantes espetáculos – caso de Drama, de Maria Bethânia, que dirigiu ao lado de Antonio Bivar. Abandonou o mundo teatral na década de 1990. Em 1998 publicou o livro de poesias Coisas coió (7 letras). Radicada em Goiânia, morreu em 2006.

Livro: Moças, As

Autora: Isabel Câmara
Editora: Grua Livros
ISBN: 978-85-61578-87-9
Formato: papel | 14 x 21 cm
Páginas: 128
Data de publicação: 2016