Parcelamento em até 3x sem juros no cartão: escolha a opção pagar com EBANX no checkout!

OII KIT | Tudo que eu trago no bolso

R$ 99,00
Preço normal
Adicionados ao carrinho! Ver carrinho ou continuar a comprar.

Inspirado na canção Tudo que eu trago no bolso, de Mariana Aydar, este kit reúne quatro livros de bolso, esse formato tão querido, publicados pelas editoras independentes Pallas, Grua Livros, Nega Lilu e Feminas. Juntamos um romance epistolar, uma novela escrita em meados do século 19, um conjunto de narrativas curtíssimas publicadas originalmente na web e um livro lindinho de poesia popular brasileira. Pequenos e curtinhos, para ler de um fôlego só!

Em Cartas para a minha mãe, da cubana Teresa Cárdenas (Pallas), uma menina escreve cartas para sua mãe morta. Por seus escritos, ficamos sabendo que ela teve que ir morar com a tia e as primas, que não gostam dela. Não se cansam de lembrar que deveria disfarçar sua cor e ficar mais parecida com uma pessoa branca. Mas a autora das cartas começa lentamente a descobrir um mundo além de seus problemas familiares. Para dar uma sacudida no racismo nosso de cada dia, com afeto e lirismo. 

Mathilda, novela de Mary Shelley (Grua), do mítico Frankenstein, também traz a história de uma órfã criada por uma tia. A mãe de Mathilda, Diana, morre no parto. Seu pai, em desespero, deixa a recém-nascida e sai para correr o mundo. Quando Mathilda tem 16 anos, ele volta, mas fica pouco tempo em sua vida. O terrível tormento de reviver a paixão por Diana na filha o consome. Clássico!

Faz rs, escrito por Larissa Mundim e ilustrado pela artista Sophia Pinheiro (Nega Lilu) traz textos breves acompanhados de ilustrações, com se fossem posts de mídias sociais. Assim como nas redes, a ideia deste criativo livrinho é compartilhar. Para isso, as páginas do miolo estão divididas ao meio por um corte serrilhado, bem como a capa, a contracapa e as orelhas. Quando o leitor atender ao impulso de destacar a página e entregar a alguém, o livro cumpre seu ideal. Uma joia!

Lutei contra 100 leões – Todos os 100 eram jumentos, de Graziela Barduco (Feminas) é a cereja do bolo. Faz uma releitura das formas encontradas na poesia popular brasileira, porém abordando novas temáticas, mais próximas do universo feminino e do cotidiano urbano. Quadrinha, sextilha, décima, quadrão, coqueiro da Bahia, carretilha, martelo agalopado, galope à beira mar, enfim, tudo é revisitado e evocado de modo a respeitar à risca sua forma e métrica, com temas ressignificados.


“Pega o que trago no bolso: notas, poeira, tabaco! Nem mesmo sei o endereço do seu número novo. Eu te dou essa poeira, esse vácuo!” Mariana Aydar

Participantes

 

Participantes

Todos os OII KITS da DITA LIVROS têm frete grátis (econômico via Correios, com entrega prevista para até 10 dias úteis).