Fominismo: quando o machismo se senta à mesa | Nora Bouazzouni

R$ 35,00
Preço normal
Adicionados ao carrinho! Ver carrinho a continuar a fazer compras.

Tarefas domésticas, agricultura, meio ambiente, body shaming… Seja pela divisão sexual do trabalho, pela segregação alimentar ou pela orientação das práticas de consumo por meio de proibições, discriminações ou ditames estéticos, a comida serve para manter as mulheres no lugar que lhes foi designado, há milênios, no espaço ou na sociedade. Apesar de elas terem, mais do que nunca, um papel crucial na sobrevivência da espécie humana, na sua história e no seu desenvolvimento, pela comida que produzem, transformam, estocam ou consomem, as mulheres ainda são consideradas inferiores aos homens.

“Qual a relação entre o patriarcado e uma picanha? Onde se escondem as cheffes de cozinha? A agricultura é coisa de homem? Neste livro, nós tentamos explicar em detalhes como comida, sexo e gênero feminino permanecem intimamente ligados e como a alimentação sempre possibilitou o subjugo das mulheres.”

Nora Bouazzouni

Nora Bouazzouni (@norabzh) nasceu em 1986 e mora em Paris. Ela é jornalista e tradutora. Gosta de cozinhar, tirar foto do seu prato e convencer desconhecidas e desconhecidos que o feminismo é ainda muito necessário nos dias de hoje. Fominismo é seu primeiro livro.

Livro: Fominismo: quando o machismo se senta à mesa

Autora: Nora Bouazzouni
Editora: Quintal Edições
ISBN: 978-85-5703-024-4
Formato: 14 x 21 cm
Páginas: 116
Peso: 200 g
Data de publicação: 2019